DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

segunda-feira, 21 de março de 2016

Projeto Espaço Limpo Uma Iniciativa Verde

O projeto preza pela excelência na busca de resultados. A recuperação da área degradada às margens do córrego Santo Antônio da Papuda reuniu a população em uma ação complementar e de fortalecimento no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus.
Os participantes realizaram o plantio de 51 mudas de árvores nativas.O projeto contou com o apoio da SESS, da Nutrina, da ASP, da Horta Comunitária Girassol e do Jornal Daqui DF.
O coordenador do projeto, Ismar Gonçalves disse que a próxima edição do projeto contará com o apoio do 17° GBM e ocorrerá no dia 02/04.

JORNAL DAQUI DE - MARÇO 2016



















Rodovia DF-035 é restaurada

O governo do Distrito Federal entregou a obra de restauração da DF-035 (Estrada Parque Cabeça de Veado), que liga o Lago Sul às regiões do Jardim Botânico, Jardins Mangueiral e São Sebastião. A rodovia foi totalmente pavimentada, ganhou ciclofaixas e sinalização horizontal. A obra custou R$3,7 milhões de reais de um financiamento feito junto ao Banco do Brasil.
A estimativa é que cerca de 400 mil pessoas sejam diretamente beneficiadas. O trecho tem quatro quilômetros entre a DF-025 (Estrada Parque Dom Bosco) e o entroncamento com a DF-001 (Estrada Parque Contorno).
O diretor geral do DER, Henrique Luduvice, explicou a obra ao governador Rodrigo Rollemberg. Em seguida, o chefe do executivo posou para fotos com a equipe da obra.
Cerca de 60 pessoas participaram da cerimônia.

Editorial

É muito gratificante ter um mês todo dedicado às mulheres durante o ano. Melhor ainda, quando esse mês também é o mês em que nossa região recebe a visita do chefe do executivo em uma roda de conversa democrática, onde a comunidade pôde expor as maiores necessidades da comunidade. Na política, o descontentamento da população em meio a tanta corrupção é grande, mas apenas o descontentamento não é o suficiente para retirar do poder um presidente eleito democraticamente. 
Em março, o Brasil teve inúmeras manifestações contra o governo federal “Impeachment da Dilma”, confira o que a presidenta falou na página nove. 
Em março, Deus enviou um “anjo”, a Maristela, para marcar a vida de muitas crianças na Zona Rural de São Sebastião. Ela teve o apoio do Rotary Club de São Sebastião e do Jornal Daqui DF. Saiba mais na página dez. 
O Jornal Daqui DF, em uma forma inovadora, colocou em circulação nos comércios da região Toten’s em formato de bonecas. Eles indicam que naquele local você pode retirar seu exemplar gratuito do Jornal.
O Repórter Daqui encanta mães, pais e escolas da região com jovens que se dedicam à leitura a pesquisa e estampam sua opinião nas páginas do jornal. 
O verão acabou no DF e chegou a hora de aproveitar com a família os preços promocionais das lojas credenciadas ao jornal Daqui DF. Você pode encontrá-los no rodapé das páginas.
Boa leitura e até a próxima edição, se Deus quiser e permitir.
Poliana Costa
Diretora Presidente

Administração de São Sebastião presta contas de 2015 à comunidade

No mês de Março a Administração Regional de São Sebastião promoveu um encontro com a comunidade para prestar contas do ano passado. 
O administrador Jean Duarte, informou que em 2015 o número de servidores com cargos comissionados teve uma redução de 32,2%. Entre as principais dificuldades enfrentadas, Jean destacou a redução de 54% no orçamento para gastos com pessoal, manutenção, água, luz etc. O corte de gastos com massa asfáltica para a operação tapa-buraco e a falta de maquinário também foram citados pelo administrador.
Jean Duarte também lembrou que entregou dezenas de licenças para comerciantes e empresários.
A administração de São Sebastião realizou uma parceria com o SEBRAE para o desenvolvimento sustentável da cidade com cursos ministrados na própria região.
Em 2015 foram realizados 200 eventos culturais, 20 eventos esportivos e 20 ruas de lazer.
O parque de exposições ganhou  um regimento para regulamentar a utilização do espaço.
A Administração Regional, em parceria com a Vigilância Ambiental, promoveu ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti 
A ouvidoria de São Sebastião foi eleita a melhor do DF, segundo a Controladoria Geral da União.
Nos serviços de manutenção e recuperação foram 800 metros de asfalto da operação de tapa-buraco, 622 bocas de lobo desobstruídas, 500 metros de roçagem, 3000 metros de remoção de entulho e 120000 metros de terraplanagem. 
A administração também elaborou o relatório Levanta DF, onde os endereços que necessitavam de atenção eram detalhados.
Além do administrador Jean Duarte, estavam presentes o deputado distrital Lira e o coordenador da Regional de Ensino, Paulo Viana.

terça-feira, 1 de março de 2016

Projetos oferecem atividades físicas em ruas e quadras da cidade de São Sebastião DF

Por Poliana Costa 
Em tempos de crise os movimentos de ocupação da cidade estão cada dia mais fortes e um exemplo disso é o aumento de práticas de esporte e atividades físicas nas ruas e quadras das regiões administrativas. Gratuitamente as pessoas de todas as idades têm contribuido para as práticas que unem a comunidade em prol de uma melhor qualidade de vida.
Na primeira imagem temos o Ecel Capoeira que oferece aulas de capoeira quatro vezes por semana em pontos diferentes da cidade de São Sebastião. Na segunda imagem temos o Projeto Dançar é Vida e Saúde que oferece aulas de zumba três vezes por semana. Quem tiver interesse pode entrar em contato pelos números (8470-4673 / 9916-7452 - Ecel Capoeira) e (9906-1606 / 8618-6557 - Dançar é Vida e Saúde).

Enfrentamento ao Aedes aegypti segue como uma das pautas prioritárias do governo

Lago Sul, São Sebastião, Brazlândia, Gama, Lago Norte, e Plano Piloto receberam, vigilantes ambientais da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Cerca de 700 profissionais visitaram essas regiões dando prosseguimento às ações de combate aos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus. Dez equipes estarão com bombas costais e borrifarão veneno em locais propícios à proliferação do inseto.
Das 18 às 22 horas, 10 carros fumacês percorrem as ruas dessas localidades. O diretor de Vigilância Ambiental em Saúde, Divino Martins, explica que o horário escolhido para a ação é estratégico em função da menor incidência de ventos. “Durante a chuva e com fortes correntes de ar, o produto se dispersa muito facilmente.”
Até o fim deste mês, o combate ao inseto em Brasília receberá o reforço de 30 carros fumacê, adquiridos pela Secretaria de Saúde. Atualmente, o governo dispõe de 11 deles. Foram comprados também 27 veículos especificamente para deslocamento de equipes de combate ao mosquito, 30 bombas costais para dispersão de inseticida e 12 mil armadilhas. O investimento chega a R$ 9 milhões.
3.060 militares das Forças Armadas iniciaram em Brasília e em 100 cidades do Brasil, a terceira fase da ação. O objetivo é visitar residências, conversar com a população e distribuir material informativo com orientações de como evitar o acúmulo de água parada.
Agefis
A Agência de Fiscalização (Agefis) também está engajada na erradicação dos focos de dengue. São 210 inspetores da Superintendência de Fiscalização de Limpeza Urbana empenhados em identificar entulhos passíveis de abrigar larvas do inseto.