DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Em protesto por salários, funcionários de creches bloqueiam o Monumental

Cerca de 300 trabalhadores fazem manifestação contra a falta de pagamento de salários; trânsito foi desviado


Funcionários de creches públicas do DF fazem protesto na manhã desta quinta-feira (18/12), em frente ao Palácio do Buriti e bloqueiam o trânsito na via N1. O congestionamento chega próximo à Torre de TV. Cerca de 300 trabalhadores chegaram a interditar as seis faixas da via, que foram liberadas por volta de 10h30.  Às 11h, manifestantes voltaram para o asfalto. Eles pedem que o governo pague os salários atrasados. 

Verônica Cordeiro, diretora de uma das creches, diz que a categoria não recebe desde setembro. "Os funcionários estão sem pagamento, sem 13º e nós viemos protestar porque a única resposta que temos é que o dinheiro vai entrar até 31 de dezembro", reclama. Segundo a servidora, o repasse só foi feito para quatro das 44 instituições. Cinco mil crianças são prejudicadas pelo atraso.

Funcionária de outra creche, em Ceilândia, Caroline Lima conta que os trabalhadores não recebem repasse do GDF há 120 dias. "Não temos dinheiro para transporte, nem alimentação. Tivemos de fechar as portas e as crianças estão voltando para casa", reclamou. Por volta das 10h10, um grupo de manifestantes foi recebido pelo  secretário de Estado da Administração Pública, Wilmar Lacerda.

O tráfego ficou complicado na região central de Brasília. O Batalhão de Trânsito está no local e organizou o desvio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário