DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

São Sebastião ganhará hospital regional

Construção da unidade, que tem projeto em andamento, foi anunciada por Agnelo em reunião com comunidade evangélica da cidade

Depois da regularização da cidade, chegou a vez de os moradores de São Sebastião serem beneficiados com a construção de um hospital regional, com capacidade para atender casos de maior gravidade. A novidade foi anunciada por Agnelo Queiroz, em encontro com a comunidade evangélica da cidade, na noite desta quinta-feira (11).

Agnelo explicou que projeto está sendo elaborado e a obra será concluída em seu próximo mandato. “Fizemos aqui uma UPA que atende 500 pessoas por dia. O próximo passo é entregar o Hospital de São Sebastião, que será feito por meio de parceria público-privada. A população da cidade cresceu muito e precisa desse serviço. Nós já ampliamos a atenção primária, temos uma unidade para os casos de urgência e emergência de baixa gravidade e teremos uma unidade mais complexa, que é a hospitalar”, enfatizou Agnelo.

Companheiro de coligação de Agnelo, Tadeu Filippelli reforçou que o governo tem compromisso com o povo de São Sebastião “Estamos trabalhando intensamente para fazer a regularização das casas e a duplicação da pista de acesso à cidade. Fizemos uma área de escape para evitar os acidentes que ocorriam com frequência na entrada da cidade e, além disso, já estamos com o projeto para construção do hospital em andamento”.

Presidente da Associação de Pastores e Evangélicos de São Sebastião, o Pastor Edvar Pereira ficou satisfeito com os compromissos assumidos pelos candidatos Agnelo e Filippelli. “Este governo fez em três anos o que nenhum outro fez. A construção do hospital veio no momento certo para completar o atendimento prestado na UPA”, elogiou.

SERVIDORES – Antes da reunião com a comunidade evangélica, Agnelo participou de plenária com servidores da Secretaria de Saúde, no Clube da Saúde.
Agnelo, que tem sua reeleição apoiada e defendida pela categoria, falou sobre as conquistas deste governo, com destaque para a UPA e Sobradinho II, a sexta do Distrito Federal, entregue nesta quinta-feira (11) à comunidade.

“Os investimentos em Saúde, feitos com recurso próprio, superaram R$ 5 bilhões, o que não aconteceu em nenhum lugar do Brasil. Uma pesquisa revelou que o DF fez o maior investimento per capita em saúde. Contratei mais de 14 mil servidores, dobrei o número de leitos de UTI, entreguei 30 centros de saúde reformados, fiz nove Clínicas da Família e seis UPAs. Inauguramos hoje a segunda maior UPA do Brasil, com 2,5 mil metros quadrados”, destacou.

Servidora pública há 34 anos, Fátima Lúcia Rola, 53 anos, elogia o governo Agnelo. “Acompanho as políticas públicas e as ações desenvolvidas, pois também utilizo o Sistema Único de Saúde, e posso dizer que este governo é maravilhoso e tem feito muito pelo Distrito Federal”, afirmou. Fátima também destacou a importância das Carretas da Mulher e da Visão. “Minha tia fez uma cirurgia de catarata e foi muito bem atendida. Os equipamentos são de última geração”, ressaltou a servidora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário