DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

PMDF convoca 718 aprovados em concurso da corporação



Curso de Formação de Praças (CFP) começa em novembro

 O Distrito Federal acaba de ganhar mais 718 policiais militares. Eles foram aprovados em concurso público para ingressarem no Curso de Formação de Praças, que terá início em novembro e duração de seis meses. Eles foram recebidos em solenidade realizada nesta quarta-feira (1º).

Ao todo, serão 1,4 mil horas/aula, com diversas disciplinas com questões sociais, resoluções de conflitos e ações educacionais. Após aprovados, eles serão distribuídos pelos grupamentos do DF.

“Hoje vocês ingressam em uma nova etapa em suas vidas. Nessa caminhada vocês suportarão uma gama de informações distribuídas em várias disciplinas. Após essa primeira caminhada, terão início as lutas diárias com os irmãos mais experientes”, destacou o comandante-geral da PMDF, Anderson Carlos de Castro Moura.

Ele destacou, durante a apresentação dos aprovados, que os 718 policiais farão parte da “revolução que está sendo feita para recuperar a capacidade operacional da PMDF”. Nos últimos três anos e meio, mais de 3,6 mil policiais foram contratados pelo GDF por meio de concurso público.

“Os esforços do GDF em contratar novos policiais já começa a dar resultados na redução da criminalidade no DF. Somente neste ano, a PM conduziu detidas para as delegacias mais de 17 mil pessoas, cerca de 3,5 mil autuações em flagrantes, quase 2 mil menores autuados e 1,3 mil armas apreendidas”, frisou Anderson Moura.

INVESTIMENTOS – Os investimentos em segurança vão além da contratação de policiais. Segundo o Coronel Leão, chefe da Casa Militar do DF, já foram investidos R$ 250 milhões em equipamentos.

“Um dos maiores investimentos é a política de valorização, tanto na área de Humanas quanto de Logística, como a compra de três helicópteros, de veículos blindados, aquisição de equipamentos de proteção individual, entre outros”, enumerou Anderson Moura, comandante-geral da PMDF. Ele destaca, no campo de Humanas, o empenho do governo em acabar com as desigualdades salariais que existiam entre os órgãos de segurança pública do DF.







Mais detalhes
Secretaria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário