DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

sábado, 23 de junho de 2012

O perigo das comidas de festas juninas



Endocrinologista do laboratório Pasteur dá dicas para evitar intoxicações alimentares

Milho verde, pamonha, canjica, pé de moleque e quentão são algumas das tentações gastronômicas que marcam as festas juninas. Mas alguns cuidados com a alimentação durante estes eventos podem ajudar a evitar problemas de saúde. Segundo Mauro Scharf, endocrinologista do Pasteur Medicina Diagnóstica, nesta época do ano são comuns os casos de infecções intestinais ou intoxicações provocadas por bactérias que se proliferam em alimentos estragados.
O especialista alerta que é importante observar as condições de higiene e limpeza do local, o acondicionamento das comidas, a temperatura ambiente, a vestimenta dos vendedores e, principalmente, o prazo de validade desses quitutes. “Todo cuidado é pouco com as comidas juninas, porque os ingredientes, em geral, são perecíveis. A pamonha e a canjica devem ser consumidas no mesmo dia do preparo”, exemplifica. Por isso, o ideal é que os produtos tenham uma etiqueta com a data de fabricação, o que raramente acontece neste tipo de evento.
Além disso, Scharf recomenda atenção ao consumidor em produtos como churrasquinhos industrializados, queijo coalho e cachorro-quente. “Veja bem se o local no qual estes produtos são feitos é limpo. E não consuma maionese e catchup em bisnagas, apenas em sachês individuais”, reforça.

Sobre o Pasteur Medicina Diagnóstica
O Pasteur nasceu há 36 anos em Brasília e atualmente possui mais de 200 colaboradores e 28 unidades de atendimento no Distrito Federal e entorno (DF). Considerado uma referência para o segmento de medicina diagnóstica na região, disponibiliza serviços e soluções diferenciados, oferecendo qualidade, confiança, credibilidade, conveniência e tecnologia de ponta. Por meio do Pasteur Popular, oferece medicina diagnóstica com qualidade a preços populares para todas as classes sociais, permitindo o acesso a quem não possui plano de saúde. A marca conta, ainda, com o Pasteur Melhor Idade, que oferece atendimento diferenciado para os idosos e uma série de vantagens, como a coleta domiciliar gratuita, descontos especiais no valor dos exames e também em toda a rede de estabelecimentos conveniada. Com o objetivo de buscar continuamente maior conforto aos pacientes, o Pasteur possui unidades em hospitais, além do conceito de atendimento integrado na Mega Unidade Taguatinga Norte, que oferece mais de três mil exames de análises clínicas e diagnóstico por imagem no mesmo local. Para mais informações: www.pasteur-df.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário