DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

sábado, 30 de junho de 2012

Seca faz GDF declarar estado de emergência entre julho e setembro


 Declaração exige medidas para evitar incêndios florestais.

Na segunda, Defesa Civil deu orientações a chacareiros.

Do G1 DF
Bombeiros durante entrega de viaturas nesta sexta-feira (28) (Foto: G1)Bombeiros durante entrega de viaturas nesta
sexta-feira (28) (Foto: G1)
O governo do Distrito Federal publicou, em edição extra do Diário Oficial desta quinta-feira (28), declaração de estado de emergência entre os meses de julho e novembro de 2012. A publicação se dá em razão do risco de incêndios florestais no período da seca.

A publicação determina que os órgãos que integram o Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Distrito Federal devem “tomar medidas necessárias para minimizar as ocorrências e os efeitos dos incêndios florestais”.
Nesta segunda-feira (25), a Secretaria de Defesa Civil do Distrito Federal divulgou orientações sobre o risco de incêndios florestais no período da seca. O comunicado informa que chacareiros e criadores de gado e outros animais devem ter autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) para realizar as queimas controladas.
A Defesa Civil também recomenda que os produtores rurais procurem orientações do Corpo de Bombeiros na realização das queimas. A secretaria informa que o método, usado, por exemplo, no manejo de pastagens e na limpeza da terra, pode causar incêndio florestal, caso o fogo saia do controle
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário