DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Brasília se prepara para a Fórmula Motonáutica


  Lúria Rezende, da Agência Brasília

Brasília se prepara para a Fórmula MotonáuticaFoto: Roberto Barroso
GDF e organização da prova assinam termo de compromisso da corrida de lanchas de alta velocidade que ocorrerá em junho, no Lago Paranoá

O ronco dos motores se assemelha aos dos carros da Fórmula 1, mas, em vez das pistas de asfalto, a próxima disputa de alta velocidade em Brasília será no Lago Paranoá. Escolhida para receber este ano, nos dias 1º e 2 de junho, a F1 H2O Powerboat Word Championship Series, ou Fórmula Náutica, a capital entra mais uma vez no cenário dos grandes eventos internacionais. Na tarde desta quinta-feira (31), o governador Agnelo Queiroz e os organizadores do evento assistiram a vídeo de divulgação da prova e assinaram termo de intenções para a realização da competição, que antecede a Copa das Confederações.

No documento, o GDF, a Associação Brasileira de Motonáutica (Abranáutica) e a empresa realizadora do evento, Idea Marketing, se comprometem a adotar as medidas administrativas e legais necessárias para a realização da prova. "Nosso objetivo é fechar uma parceria em longo prazo para Brasília ser incluída permanentemente no circuito internacional", destacou o governador Agnelo Queiroz. Para ele, o compromisso estende para as águas a fama que a capital federal já tem nas pistas. A cidade é a única da América Latina a receber uma etapa do campeonato.

Além do apoio do GDF e da adequação dos organizadores da competição às normas administrativas, o documento determina a divulgação de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade em todas as etapas do campeonato. "A cidade foi escolhida por sua beleza e pelas condições que oferece para realizar uma prova em que os veículos alcançam mais de 250km por hora", ressaltou o presidente da Idea Marketing, Nicoló di San Germano.

Outras áreas – Além da visibilidade para realização de outros grandes eventos internacionais, Brasília também é beneficiada com a movimentação do turismo e da economia local. O secretário de Esporte, Júlio César Ribeiro, prevê público de aproximadamente 100 mil pessoas. "É mais um acontecimento que mostra que a cidade prospera", afirmou o secretário. Ele informou que as arquibancadas serão construídas próximo à Ponte JK, que também servirá para abrigar o público.

O secretário de Turismo, Luis Otávio Neves, antecipa que a competição atrairá aproximadamente 20 mil visitantes. "Nós fizemos esse cálculo com base no evento esportivo internacional realizado em 2011, quando reunimos o mesmo número", estimou. Segundo ele, esses grandes eventos geram economia e visibilidade para cidade, que já estará preparada para receber os turistas devido à Copa das Confederações, no mesmo mês.

Competição - A F1 H20 Powerboat é a principal competição internacional de lanchas e tem regras similares à Fórmula 1, como a realização de provas em diferentes países a cada temporada. Em média, as lanchas de corrida alcançam 250km/h. A última edição da prova, na China, reuniu meio milhão de pessoas.

City Challenge – A realização na cidade de uma das etapas do Mundial de Motonáutica é mais um passo para consolidar Brasília como sede de importantes competições esportivas internacionais. Este ano, além da Copa das Confederações, Brasília sediará o City Challenge, corrida automobilística de três dias realizada com carros da categoria turismo movidos a células de combustível e outros modelos movidos a eletricidade.

Gymnasíade - Brasília também será sede das Olimpíadas Escolares Mundiais Gymnasíade de 2013, tendo vencido a disputa com Palma de Maiora (Espanha) em novembro de 2011. Em média, 40 países participam da competição, que contará com as modalidades de atletismo, natação, ginásticas artística, rítmica e aeróbica, além de três categorias escolhidas pelo Brasil: judô, xadrez e karatê. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário