DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Feira do Produtor de Ceilândia comemora investimento do governo



Vilson, presidente da AFEPRACE ao lado da diretora social, Joana Guedes
O segundo maior polo distribuidor de alimentos do Distrito Federal, a Feira do Produtor de Ceilândia, comercializa cerca de 18 mil toneladas dehortifrutigranjeiros por mês. Os feirantes trabalham de domingo a domingo, numa área de extensão de 150 mil metros quadrados. De acordo com o presidente da AFEPRACE, Vilson José de Oliveira, “a feira nasceu junto com Ceilândia e cresceu muito nos últimos anos, em 2012 recebeu bons investimentos do governo do Distrito Federal, foram três milhões de reais para ampliação do espaço físico, reforma de banheiros,  iluminação, alambrados, piso no quadradão( espaço centralizado da feira, onde os feirantes mantem suas mercadorias para  comercialização com os compradores)”, informou. 
Patrulha mecanizada
 “Estamos aguardando com ansiedade a legalização da feira, que dará mais tranquilidade aos feirantes, será uma grande conquista para os 700 associados da AFEPRACE”, destacou. O presidente da feira acrescentou que o GDF tem realizado excelente trabalho, com suporte financeiro e apoio para beneficiar os feirantes. “Para o ano de 2013 está previsto mais investimentos, além de uma parceria firmada com a secretaria da Agricultura, que permitirá a compra de uma patrulha mecanizada, para que os produtores possam cultivar e gradear a terra, diminuindo os custos de produção, com certeza é um ganho na economia para todos os feirantes que produzem os alimentos”, argumentou.
Projetos sociais
A AFEPRACE além de oferecer produtos de hortifrutigranjeiros de qualidade, preços acessíveis, presta diversos serviços de cunho social. Como o programa Desperdício Zero, que há 10 anos assisti famílias carentes e algumas entidades do DF e do Entorno. O projeto Campo de Futebol Gramado, que atende os filhos dos feirantes e de funcionários e a Horta Pedagógica que em parceria com a Emater oferece cursos para entidades escolares, para que aprendam a cultivar os próprios alimentos.
Desperdício Zero
A diretoria da AFEPRACE, Associação da Feira dos Produtores de Ceilândia, preocupados com o desperdício e zelosos com os hortifrúti comercializados na feira, fundaram há 10 anos, Desperdício Zero, que visa aproveitar os alimentos que não são comercializados, para doar a famílias carentes e entidades filantrópicas. Ao todo são 120 famílias cadastradas e 22 entidades filantrópicas.  Segundo, a diretora social, Joana Guedes, “o projeto existe para ajudar as pessoas realmente necessitadas, são muitas famílias que recebem as doações e saem felizes, pois sabem que as verduras e frutas são de qualidade para consumo humano”, disse. “A higienização e organização é feito pela equipe de funcionários da associação e de voluntários, que organizam os alimentos em sacos plásticos, para o consumo dos assistidos”, acrescentou. “Nosso projeto é tão sério, que recebemos em 2009 o Prêmio Betinho, Atitude Cidadã, por prestarmos um trabalho social que beneficia a comunidade”, acrescentou.

Iluminação e segurança

Eduardo Ribeiro de Abreu tem uma loja há 08 anos nas dependências da feira. Ele comercializa verduras e disse ter imenso orgulho de trabalhar num lugar onde todos são respeitados. “Como associado, estou bastante satisfeito com as benfeitorias, que foram  realizadas nas dependências da feira”, citou. “Temos mais iluminação na extensão da feira, com isto, a segurança aumenta, o governo tem feito um excelente trabalho com todos estes investimentos  na feira do produtor  de Ceilândia, que é um local importante  no fortalecimento do  comércio da nossa cidade ”, afirmou.
Muito satisfeito
 Comerciante, produtor e feirante, Ernesto Kashaskima, trabalha há 20 anos com hortifrutigranjeiro. “ Estou contente com o investimento que o governo fez aqui na feira, o aspecto do piso melhorou muito,  com esta reforma e ampliação do galpão, mudou o visual, está mais claro, antes ficávamos em cima do asfalto, hoje o espaço é bonito, dando visibilidade melhor para comercializar nossos produtos,
estou bastante satisfeito”, informou.
Muitos benefícios
 O simpático, Francinaldo Fernando Leite,  feirante e produtor desde 1989, onde comercializa todos os tipos de verdura. “Meu espaço, nesta loja é para vender verduras de qualidade, que são consumidas diariamente por muitos clientes de supermercados, sacolões e outros comércios, que adquirem nossas mercadorias”, citou. “Vejo com bons olhos os investimentos que o GDF tem realizado, são muitos benefícios, dentre elas a iluminação que  garante mais segurança, para nós associados, funcionários, clientes e frequentadores da feira” finaliza.
Texto: Elma Lúcia Rodrigues  ceilandiaemalerta.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário