DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Parlamentares debatem regularização de São Sebastião




Na noite desta terça-feira a Câmara Legislativa do Distrito Federal por iniciativa do Deputado Wasny de Roure, Deputada Artele Sampaio e Deputado Chico Leite realizou em São Sebastião, uma audiência publica para debater a situação fundiária da cidade.  Historicamente, o Distrito Federal sofre com problemas de irregularidades fundiárias e urbanísticas desde o surgimento da cidade devido ao rápido crescimento populacional e de desenvolvimento da região, que atraiu milhares de pessoa para a jovem capital brasileira. Com isso, o governo do DF se vê frente a um grave problema social, que é regularizar verdadeiras cidades que foram ocupadas de forma irregular e sem cuidados jurídicos, urbanísticos e ambientais.

Na tentativa de contornar os problemas, o GDF em parceria com a Câmara Legislativa do DF (CLDF) criaram uma série de dispositivos legais para regularizar regiões onde seja impossível reverter o quadro de irregularidade. “O governo tem tratado com muita seriedade essa questão de regularizar algumas regiões do DF. A CLDF tem dado todo o suporte necessário e estamos ouvindo a população e vamos fazer tudo que estiver ao nosso alcance para dar mais conforto e garantias a população”, afirma a deputada distrital Arlete Sampaio (PT).

Deputado Wasny ressaltou seu compromisso com a cidade “Essa audiência é de extrema importância para conversar com a população, estamos aqui depois de tanto anos em processo de regularização que é um processo histórico que hoje buscar soluções também   dos condomínios que vieram ainda complementar essa cidade .”

Atualmente, o GDF mantém 32 áreas em processo de regularização em 18 cidades do DF, como Ceilândia, Gama, Itapoã, Vicente Pires e São Sebastião, que recebeu na noite de ontem um grupo de autoridades encabeçados pelos deputados Arlete Sampaio(PT-DF), Chico Leite (PT-DF), Wasny de Roure (PT-DF) e o presidente da Codhab, Luciano Queiroga, para debaterem com os moradores da cidade sobre as perspectivas e o  andamento do projeto de regularização da cidade.

O intuito dos deputados e dos representantes dos órgãos ligados o Executivo é  fazer com que os moradores tenham acesso às informações e sobre a  regularização fundiária e urbanística de São Sebastião.

Compareceram à audiência pública mais de 400 moradores da cidade. “Fiquei sabendo e vim tirar algumas dúvidas e saber como está o processo de regularização de São Sebastião. Vou aproveitar também para representar a comunidade que moro e posteriormente passar pra frente o que ouvir aqui”, conta a terapeuta Sabrina Oliveira.

Com informação Jornal Alô Brasilia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário