DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Empresa do DF dá aumento de 10% para funcionário que parar de fumar

Após 3 meses, funcionário que deixar cigarro ganha abono de 10%.
Se novo hábito permanecer por mais 9 meses, gratificação é incorporada

A empresa Pedreira Contagem, do Distrito Federal, oferece abono de 10% do salário aos funcionários que param de fumar por 90 dias. Se o novo hábito é incorporado por pelo menos mais nove meses, a gratificação é incorporada ao salário.
O dono da pedreira, Sálvio Humberto Safe de Matos, conta que o projeto começou há cerca de cinco anos, diante de uma preocupação com a qualidade de vida dos funcionários, e já fez com que 32 funcionários deixassem o cigarro para trás.
“A preocupação é com a saúde dos funcionários, mas foi a empresa que mais ganhou. Uma pessoa que fuma fica muito tempo do dia parada, incomoda os colegas e oferece e, na nossa área, oferece risco à segurança”, disse ao G1. Além disso, caíram as faltas ao trabalho por motivo de doença.
O encarregado de pátio Edilson Salvio foi um dos que parou de fumar. “Parei de fumar e comecei a fazer esportes, que eu gostava muito e não fazia por causa do cigarro. Melhorou muito a saúde, a vida, até a convivência com as pessoas melhorou”, comenta.
O dono da empresa conta que um médico acompanha os funcionários ex-fumantes. “Eles continuam sendo acompanhados por um médico nosso e nunca voltaram a fumar. Os 32 são ex-fumantes convictos”, fala Matos.
Brasil sem Cigarro
Campanha realizada pelo programa Fantástico, da TV Globo, Serviço Social do Comércio (Sesc) e Instituto Nacional do Câncer (Inca) instalou, na Rodoviária do Plano Piloto, um cinzeiro gigante para que fumantes que desejam deixar o vício depositem carteiras de cigarro. O cinzeiro gigante chegou nesta quinta-feira (8) à capital, onde fica até as 18h desta sexta.
Idoso deixa carteira de cigarro no cinzeiro gigante instalado na Rodoviária do Plano Piloto, em Brasília, nesta sexta-feira (9). O cinzeiro é parte da campanha Brasil sem Cigarro, do programa Fantástico, do Sesc e do Inca (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário