DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

domingo, 5 de fevereiro de 2012

População de Samambaia recebe geladeiras econômicas




Programa Cidadania com Energia troca mais de 300 aparelhos velhos por novos e leva dignidade a famílias de baixa renda

 O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, e do presidente da Companhia Energética de Brasília (CEB), Rubem Fonseca, foi na manhã de sábado ao Setor Oeste de Samambaia para a entrega de mais de 300 geladeiras de baixo consumo do Programa Cidadania com Energia. O objetivo do programa é atender famílias de baixa renda realizando a troca dos aparelhos velhos, que gastam mais energia, por outros mais econômicos, reduzindo em até 65% a tarifa de energia dessas famílias.

O programa prevê ainda a instalação de iluminação pública definitivas nessas áreas e a troca das lâmpadas incandescentes por fosforescente, que consome menos energia. O Cidadania com Energia desenvolve, também, projetos de eficiência energética e sociais, incluindo-se ai o projeto Luz das Letras, de alfabetização de jovens e adultos.

“Nosso programa vai até as regiões mais carentes e dá cidadania para a população, acabando com ligações clandestinas e ao mesmo tempo entregando uma geladeira, que de fato gela, pagando menos energia. Nós ficamos felizes por poder investir para melhorar a vida da nossa população”, comemora o governador, que entregou simbolicamente à moradora Aparecida dos Santos a primeira geladeira.

“Estamos realizando essa política para as pessoas que não tem acesso e assim acabando com as irregularidades que causam riscos à vida da população”, completou Agnelo Queiroz referindo-se as gambiarras encontradas no Setor.

A previsão para este ano e que sejam entregues 6,5 mil geladeiras e distribuídas 300 mil lâmpadas econômicas. A expectativa da CEB é que os consumidores contemplados pelo programa gerem uma economia de 17.108 MW/h em um ano. O equivalente ao que a Região Administrativa do Gama consome em um mês.

“Este programa tem um forte conteúdo social com o objetivo de fazer com que as pessoas paguem menos pela energia que consomem, com a troca de lâmpadas e geladeiras. Com isso elas podem investir mais na sua alimentação e no lazer”, declara o presidente da CEB, Rubem Fonseca, que exalta o fato da população, a partir desse programa, poder utilizar os espaços públicos também a noite. “Quando esse projeto entra em uma comunidade a população se apropria das ruas e praças. É o fim da escuridão e dos riscos à vida com dignidade” conclui.

Para ser atendida, a família tem que está cadastrada com de baixa renda pela CEB e ter fazer parte do grupo que paga a chamada tarifa social, que oferece descontos na conta de luz. Outro ponto é está cadastrada no cadastro único da Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest). O registro dá acesso ao programa do governo federal Bolsa Família, que auxilia as famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

As famílias dessas regiões, no Distrito Federal, são constantemente visitadas por agente da Sedest, que realizam o cadastro, mas durante a cerimônia, em Samambaia, agentes da secretaria realizaram o cadastro e o recadastro das famílias do Setor Oeste. “Esta ação faz parte do nosso Plano de Busca Ativa às famílias de baixa renda. Todos os nossos agentes são treinados a realizar um questionário contendo 114 perguntas, que nos dão a real dimensão da necessidade dessas famílias”, afirma o secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Daniel Seidel.

Aparecida dos Santos aproveitou para agradecer em nome da população aos agentes da CEB que foram até sua casa e dizer o que fará com o dinheiro que vai economizar. “Com economia que vamos fazer agora dá para colocar mais um franguinho na panela”, afirmou arrancando risos dos presentes.

Angela Viana Alves tem seis filhos e é viúva. Há dez tem a mesma geladeira e agora poderá ter uma nova e mais econômica. Ela destaca que o programa Agente CEB lhe dará melhores condições, especialmente com o fim das “gambiarras” que tinha em sua casa.

Edinaldo dos Santos e Diana Bispo da Silva têm quatro filhos e contam que ficavam com medo das constantes quedas de energia, resultado dos “gatos” que tinham que fazer para poderem ter energia. Agora com o relógio padrão esperam mais tranquilidade no uso consciente da energia.

Durante o evento também estavam disponíveis inscrições para cursos gratuitos em unidades do Sistema “S“  (Sesc e Senai) e no Instituto Federal de Brasília (IFB).

Governador anuncia saneamento – Durante sua fala à população, o governador Agnelo Queiroz falou sobre a demora na implantação da rede de esgoto. No decorrer do ano passado o Governo do Distrito Federal (GDF) chegou a abrir licitação para a construção da rede, reivindicação antiga da comunidade, mas não apareceram concorrentes para a realização das obras.

“Na primeira vez que estivemos aqui, sequer havia calçadas. Hoje já construímos mais de 72 mil metros e estamos iluminando quadras e praças da nossa cidade. Depois abrimos uma licitação para fazer o esgoto, mas ninguém apareceu, porque nós não praticamos os preços superfaturados de outras gestões, onde as pessoas queriam explorar a população”, declarou Agnelo que completou: “Quero dizer para vocês que vamos abrir uma nova licitação e se não aparecer ninguém vou determinar pessoalmente que a Novacap (Companhia Urbanizadora da Nova Capital) faça diretamente a construção da rede de esgoto desta região”, anunciou Agnelo Queiroz.

Festa para toda família – As pessoas que compareceram a cerimônia de entrega das novas geladeiras puderam contar, além do cadastro e recadastro da Sedest, com o atendimento dos profissionais de saúde do Centro de Saúde nº 3 de Samambaia, que realizaram consultas odontológicas, o aferimento de pressão e glicose e a distribuição de kit com produtos de higiene bucal.

As crianças puderam ainda contar com brinquedos infláveis, cama-elástica, pintura de rosto, a distribuição de pipocas e algodão doce. Já os jovens e adultos, recebiam instruções e direcionamento para a realização de cursos técnicos no IFB.

Cidadania e Dignidade – O presidente da CEB, Rubem Fonseca, afirmou que os programas Agente CEB e Cidadania com Energia vão muito além de levar luz e energia elétrica a regiões carentes. Com a colocação de relógios padrão, as pessoas passam a ter um endereço oficial e podem, por exemplo, abrir crédito em lojas, sem ter que mentir ou usar endereço de terceiros.



Mais detalhes

Nenhum comentário:

Postar um comentário