DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

domingo, 8 de julho de 2012

Governador deu a largada da Corrida do Fogo de 2012



Antigo corredor da tradicional corrida organizada pelo Corpo de Bombeiros do DF, Agnelo Queiroz disputou a prova de 5 km

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e a primeira-dama, Ilza Queiroz, participaram, na noite deste domingo (8), da tradicional prova de atletismo de rua da capital federal, a Corrida do Fogo.
“Corro essa prova há anos. Brasília tem uma marca muito forte da corrida de rua. É uma cidade de corredores, que adotaram o esporte para manter a qualidade de vida. Estou retornando de uma lesão de seis meses, mas fiz questão de participar”, afirmou o governador. “Além disso, é uma corrida que aproxima a comunidade da corporação. É um evento de confraternização e depromoção de saúde”, acrescentou Agnelo Queiroz,que concluiu em 31 minutos e 45 segundos os 5 km de percurso.
Para a primeira-dama, Ilza Queiroz, o evento é uma excelente oportunidade para as pessoas realizarem uma atividade física. “É importante participar para dar o exemplo, como agente de Saúde que sou. O fato de ser uma corrida noturna favorece a sua prática, porque minimiza a baixa umidade. Sempre incentivo as pessoas a praticarem qualquer atividade física”, ressaltou ela, que é médica.
Aproximadamente 7 mil pessoas disputaram, na Esplanada dos Ministérios, as provas de 5 e 10km. A 22ª edição do evento foi realizada em comemoração ao aniversário de 156 anos do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, completados no último dia 2 de julho.
As provas foram divididasem três categorias: bombeiros, pessoas com deficiência e atletas em geral. Os participantes receberam um kit composto por toalha, camiseta e garrafa plástica.
Para comemorar o aniversário da corporação, o Corpo de Bombeiros fez ainda uma demonstração técnica de equipamentos, com descida de rapel,exposição de material de trabalho e sobrevoo de helicóptero.
O secretário de Esporte, Célio René, destacou a organização do evento e a socialização que ele proporciona.
“Poder oferecer para este público uma corrida tão bem organizada, que tem um histórico de muitos anos, é muito bom. O esporte contribui de maneira significativa para a saúde da população, mas um evento como este tem outros fatores importantes como, por exemplo, a socialização. Os não corredores incentivam os que estão correndo e participam dafesta”, avaliou o secretário.
Histórico – A prova começou em 1990, quando era disputada apenas por bombeiros. Devido àgrande procura da população na primeira edição, a corrida já iniciou com a integração entre militares e civis. Há 10 anos foi criada a categoria de para-atletas.
O primeiro colocado entre pessoas com deficiência foi Antônio Oliveira Rodrigues, 39 anos, cadeirante. “Para mim, é uma superação muito grande, porque há 10 anos participo desta corrida e sempre fico em segundo ou terceiro lugar. Esta é a primeira vez que conquisto a medalha de primeiro lugar. Estou muito feliz.”
O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal comemora 156 anos, já que é considerada a criação da corporação quando o Rio de Janeiro ainda era a capital. O decreto de criação, assinado pelo imperador Dom Pedro II, data de 2 de julho de 1856.

Campeões
Categoria
     Vencedores (1º Lugar)
Feminino - 10km
FailunaAbadiMatanga
Masculino - 10km
Raimundo Nonato
Masculino - 5km
Roque Lane de Almeida Lara
Feminino - 5km
Josiane Xavier
Masculino - Cadeirante
Antônio Oliveira Rodrigues
Feminino - Cadeirante
Maria Luciene da Silva



-- 
Mais detalhes

Nenhum comentário:

Postar um comentário