DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

domingo, 8 de julho de 2012

RODOVIÁRIOS DECIDEM NÃO ENTRAR EM GREVE



Em assembleia realizada na manhã de hoje, os rodoviários decidiram não paralisar as atividades. Eles obtiveram a garantia do cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho firmada com os empresários em 2011.
O Governo do Distrito Federal participou de forma decisiva das negociações entre empresários e trabalhadores. Em documento assinado entre representantes do GDF e dos operadores do Sistema de Transporte Público Coletivo do DF – STPC ficou estabelecido que o reajuste previsto na Convenção Coletiva de Trabalho, de 7,88% retroativo a 1º de maio de 2012, será pago no próximo dia 13 de julho, sexta-feira.
Em assembleia, os trabalhadores decidiram também que irão aguardar por 30 dias por uma definição sobre o desconto do dia parado – paralisação de 24 horas que ocorreu na última quinta-feira, dia 5 de julho. Se houver o desconto, eles podem parar novamente.
Durante as negociações, o Governo do Distrito Federal foi firme em demonstrar aos operadores que o repasse integral das tarifas do Passe Livre Estudantil e dos Portadores de Necessidades Especiais era suficiente para cobrir os reajustes salariais dos rodoviários, relativos a 2011 e 2012.
Em defesa dos cerca de um milhão de usuários diários do STPC, o GDF também manteve a determinação de não conceder reajuste no valor da tarifa. Intermediando o diálogo entre patrões e empregados, o GDF intercedeu de maneira clara e transparente, garantindo a continuidade do serviço, sem aumento de tarifas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário