DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Após a inauguração, Agnelo conduziu o ministro em uma visita pelo Hospital.



Editar
Os investimentos continuam no Hospital de Base. O governador Agnelo Queiroz e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, inauguraram a ampliação do centro neurocardiovascular, na manhã de hoje. 
Após a inauguração, Agnelo conduziu o ministro em uma visita pelo Hospital. Os resultados de mudanças feitas na gestão impressionaram Padilha. 
“Desde minha última visita, em fevereiro, fiquei impressionado com a grande melhora nos pontos que havíamos decidido como prioritários para o Hospital de Base”, comemorou o ministro. 
A taxa de ocupação de leitos caiu de 196% em fevereiro, para 107% em julho. Ou seja, para 100 pacientes internados em leitos, havia 96 colocados em macas. Hoje, para cada 100, existem 7 pacientes em acomodações inadequadas.

“Na última visita, mal conseguíamos caminhar por alguns corredores, pois estavam cheios de macas. Hoje temos os corredores livres”, destacou o ministro Alexandre Padilha.
O ministro também elogiou a criação de 30 leitos de UTI no Hospital de Base em junho. Desde o início da atual gestão do GDF, foram criados 130 novos leitos de UTI.
A previsão do governo é elevar esse número para 200 até o final do ano. 
“Nunca houve um investimento como o que estamos fazendo na Saúde do DF. Até 2011, existiam 206 leitos de UTI no DF. Ou seja, em 1 ano e meio de governo quase dobramos esse número”, destacou o governador Agnelo. 
Também foi inaugurada a central de monitoramento por vídeo da recepção do hospital. Onze câmeras ajudam a manter o atendimento à população. As imagens são acessadas à distância pelo GDF e pelo ministério da Saúde, como parte do programa federal SOS Emergências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário