DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Chico Vigilante solta o verbo na CLDF



Editar
Ao fazer uso do comunicado de líderes na primeira sessão ordinária, na volta do recesso parlamentar, o deputado Chico Vigilante (PT), destacou a cassação do segundo senador da República, Demóstenes Torres (GO), no Congresso Nacional, como um fato que marcou a história política recente do País. Segundo o deputado, “aconteceram coisas extremamente positivas para o Brasil enquanto neste recesso”.
Chico Vigilante relembrou que o senador cassado esteve na Câmara Legislativa para protocolar um pedido de impeachment contra o governador do DF Agnelo Queiroz. “Aquele senador que pousava como a vestal está cassado agora e o governador Agnelo foi à CPMI prestou depoimento, mostrou que o que foi dito contra ele não passava de denúncias inverídicas e agora está aí governando o DF”, observou.
 Lugar de criança é na creche
Em resposta ao comentário da deputada Eliana Pedrosa sobre uma escola na Estrutural, Chico Vigilante destacou que não é apenas uma, mas 300 escolas estão em recuperação. “Fruto da irresponsabilidade de governos passados”, alfinetou Chico. “Mas nós vamos reconstruir todas elas”, garantiu.
E explicou que o GDF também está licitando a construção de 30 creches, sendo três delas na Ceilândia, além de outras em cidades como Sobradinho, Guará, Planaltina e outras regiões do DF.
O deputado ressaltou diversas realizações deste governo, como a inauguração da duplicação e restauração da DF-150, realizadas nos 14km entre o Balão do Colorado e a Fercal. Iniciadas em 2009, as obras foram paralisadas por problemas técnicos, ambientais e de licenciamento. O empreendimento foi retomado no início do governo Agnelo Queiroz, após regularização das pendências. Segundo Chico, este governo está desenterrando caveiras.
Vencer o crack, um desafio de todos
O parlamentar disse também que o grande desafio do governo é a segurança pública. “Estamos trabalhando nisso”, argumentou. E destacou o crack como uma epidemia alastrada no país todo e não apenas no DF. Para ele, um assunto que não é apenas de competência do governo, mas do conjunto da sociedade. “Uma união de forças entre as igrejas, que tem um papel muito importante nesse processo, os governos, mas principalmente a sociedade”, ressaltou o deputado.
Vigilante destacou ainda o trabalho de um grupo de jovens universitários cristãos do Setor PSul na Ceilândia, que vestidos apenas da fé e da determinação de ajudar o próximo, saem da faculdade à noite direto para as ruas, para ajudar viciados em crak. “São moças e rapazes que trabalham voluntariamente pela causa do ser humano, que optaram pela caminhada da fé”, diz Chico. O grupo denominado de Missão Cristolândia é ligado à igreja Batista. A meta é recuperar pessoas viciadas em carck e outrso tipos de drogas, perdidos nas ruas do DF.
O deputado conheceu melhor o Projeto Cristolândia durante uma visita que fez ao grupo na igreja, na manhã do último dia 24 de julho, na QNP 28/32. Na ocasião, uma jovem relatou ao deputado que o grupo retirou um rapaz completamente drogado de dentro do esgoto.
Chico Vigilante relembrou ainda a situação de outros usuários da droga que se utilizam da marquise do restaurante comunitário no centro de Ceilândia para se abrigar. “As pessoas que almoçam no local ficam incomodadas com a presença dos usuários de crak, elas têm nojo deles. Todos nós temos que dar as mãos para vencer essa epidemia, essa desgraça que assola nossa sociedade, que é o crak. Só assim sairemos vitoriosos dessa briga”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário