DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

GDF vai dobrar número de centros especializados de Odontologia





Governo do Distrito Federal também ampliará de 23 para 83 o total de equipes de atendimento a pessoas com problemas bucais. Iniciativa é resultado de parceria com o governo federal

 Até o fim do ano, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), em conjunto com o governo federal, expandirá o Programa Brasil Sorridente no DF. O número de equipes de saúde bucal, que hoje totalizam 23, aumentará para 83 até dezembro, um crescimento de aproximadamente 260%. Já o total de centros especializados de Odontologia (CEOs) chegará a 10, o dobro da quantidade atual. Lançado em dezembro de 2004, o programa tem atividades em todo território nacional.

No ano passado, a Secretaria de Saúde nomeou 215 especialistas, maior número de profissionais na área de Odontologia contratados na história do DF. Em 2012, foram nomeados 118 técnicos em saúde bucal. Grande parte desses profissionais trabalhará no Brasil Sorridente. “O programa atuava de forma tímida no DF, mas com as nomeações e os investimentos realizados ultimamente iremos alavancar o projeto” afirmou Sérgio Timóteo da Silva Mata, gerente da Coordenação de Odontologia da SES-DF.

Em 2010, foram realizados 35.408 atendimentos odontológicos nos CEO’s, enquanto em 2011 foram 40.473 consultas, aumento superior a 15% na comparação com o ano anterior.

Os CEOs têm que atender obrigatoriamente cinco pré-requisitos para entrar em funcionamento.  As unidades devem oferecer atendimento a pacientes com necessidades especiais, dispor de serviços de cirurgia oral de menor porte e contar com serviço de periodontia, área responsável em cuidar da saúde das gengivas. Os CEO’s também terão que proporcionar diagnósticos de possíveis cânceres bucais e realizar atendimentos em endodontia, setor que cuida dos canais dentários. 
-- 
 
Mais detalhes

Nenhum comentário:

Postar um comentário