DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

sábado, 26 de janeiro de 2013

Operação Volta às Aulas começa nesta segunda


  Leandro Cipriano, da Agência Brasília

Operação Volta às Aulas começa nesta segundaFoto: Mary Leal
Cerca de 350 policiais e 20 viaturas vão fazer patrulhamento nas proximidades de escolas particulares, nas áreas das 912 e 612 Sul, no Plano Piloto, e no Pistão Sul, em Taguatinga

A partir desta segunda-feira (28), o ano letivo começa em diversas escolas particulares do Distrito Federal. O retorno dos estudantes será monitorado pela Operação Volta às Aulas, do Batalhão Escolar da Polícia Militar do DF. Cerca de 350 policiais e 20 viaturas vão fazer o patrulhamento em unidades de ensino das 912 e 612 Sul, no Plano Piloto, e no Pistão Sul, em Taguatinga. Com o início das aulas na rede pública de ensino em 14 de fevereiro, a previsão é aumentar o efetivo para 550 policiais e 30 viaturas para atuar no perímetro de 1,1 mil unidades de ensino públicas e particulares.
 
A primeira fase da operação, que começa a partir das 7h, segue até o dia 28 de fevereiro. Além do policiamento, serão distribuídas cartilhas com dicas de segurança no trânsito, e orientações sobre o comportamento de pais e alunos na entrada e na saída das escolas. "O objetivo dessa operação é patrulhar os perímetros escolares, evitar retenção e prejuízos na fluidez do trânsito e garantir a segurança dos alunos nessa época", afirmou o comandante em exercício do Batalhão Escolar do DF, major Valtêncio Antônio de Oliveira.
 
Ainda segundo o comandante, na primeira semana não é esperado um aumento excessivo de veículos em frente às unidades de ensino. Como as instituições particulares possuem calendários diferentes, a maior fluidez no trânsito da capital deve ocorrer a partir do dia 14 de fevereiro, quando as escolas públicas também voltarem às aulas. Como isso ocorrerá na semana pós-carnaval, a expectativa é que a movimentação total de veículos comece, de fato, em 18 de fevereiro.
 
"Nesse primeiro momento, o impacto não será tão grande, mas estaremos presentes na fiscalização. Ao longo das próximas semanas, mais escolas vão retornar às aulas, o que deve aumentar entre 10% a 15% o fluxo de veículos", informou o comandante em exercício do Batalhão Escolar.
 
A operação promove, ainda, outras iniciativas, como palestras sobre bullying, pedofilia, cyber bullying e prevenção ao uso de drogas, entre outros temas. O Centro de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (CPCDH) orienta sobre a travessia de pedestres de forma segura, e o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) faz o alerta em relação às drogas.
 
Reforço – Para reforçar o patrulhamento nas escolas, o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) também vai atuar nas unidades de ensino junto ao Batalhão Escolar da PM. Serão, inicialmente, entre 15 e 20 policiais em cerca de 10 carros e motos.
 
Na primeira semana, o patrulhamento do BPTran será realizado nas asas Sul e Norte, das 6h30 às 8h, e de meio-dia às 15h30. "Essas costumam ser as áreas com maior concentração de pessoas e veículos. Alternaremos turnos com o Batalhão Escolar, para cada um atuar nos períodos de entrada e saída dos alunos", explicou o comandante-geral do BPTran, tenente-coronel Anderson Carlos de Castro Moura.
 
Serviços
Telefones de emergência do Batalhão Escolar
Para oficial de serviço 24h: 99688950
Sede do Batalhão Escolar: 39101669

Nenhum comentário:

Postar um comentário