DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

domingo, 1 de janeiro de 2012

Clubes aprovam adiamento do campeonato local para o dia 12 de fevereiro



Apesar da manutenção da suspensão do Campeonato Candango atéque haja receitas para arcar com os custos da competição,dirigentes de clubes filiados à federação local sinalizaram uma dataprovável para que a bola role pelo estadual de 2012: 12 de fevereiroduas semanas após a data da tabela original, que previa começo docampeonato no dia 21 de janeiro. A decisão foi tomada emassembléia extraordinária convocada pelos clubes e realizada na sededa Federação Brasiliense de Futebol - mas sem a presença doadministrador provisório, o interventor Miguel Alfredo de OliveiraJúnior.

De acordo com a proposta analisada e aprovada por 17 clubes locais- 15 do futebol profissional, um amador e um feminino -, a elite doCampeonato Candango começa no dia 12 de fevereiro e termina no dia 20 de maiorespeitando a data limítrofe para oencerramento dos estaduais estipulada pelo calendário da CBFUma comissãoformada por Paulo Araújo, ex-presidente daentidade, Weber Magalhães, vice-presidente da CBF no Centro-Oeste, o presidente do Brazlândia, Moacir Ruthes e o conselheiro do Gama, Vilson de Sá, chegou a esboçar uma nova tabela de jogos para a competiçãoque altera radicalmente a tabelaaprovada no conselho arbitral do dia 21 de novembro.

A sugestão dos clubes é que se adote um modelo bem semelhante ao Campeonato Carioca, com duas chaves, cruzamento olímpico para as semifinais e final de turno e returno. Com isso, o campeonato teria 17 datas disponíveis para jogos, com 15 partidas nos finais de semana e duas em quartas-feiras. A ideia original dos formuladores do novo calendário era fazer as semifinais de cada turno às quartas-feiras, mas acabou sendo rechaçada pela falta de garantias de iluminação para jogos noturnos e o curto espaço para preparação para a final, que seria no final de semana subsequente.

Embora a definição de um calendário esportivo para 2012 estivesse na pauta da assembléia, pouco se definiu sobre as datas das competições locais. Apenas o início e o final da Primeira Divisão foram aprovados, adiada para a próxima assembléia o ajuste de datas a partir do período da principal competição do Distrito Federal. A definição do período, no entanto, não foi suficiente parademoverem os clubes da decisão de suspender o campeonato até segunda ordem: o ponto mais polêmico do protesto está noscustos com arbitragem, ambulância e pessoal designado pela federação para as partidas. Não há uma definição quanto àcompetência das despesas: os clubes alegam que a federação que deve assumir estes gastos, ao passo que a entidade, por sua vez, assegura que os clubes que devem pagar a conta.

Uma nova assembléia de clubes foi convocada para o dia 9 de janeiro. O Brasiliense não enviou representante para participar das deliberações da manhã desta quinta-feira.
Fonte. Site do Brasiliense.F.C

Nenhum comentário:

Postar um comentário