DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Escolas do DF serão reformadas


Governo do Distrito Federal destina R$ 105 milhões da Lei Orçamentária Anual (LOA) para a total recuperação de 38 escolas. Outras 265 unidades de ensino receberão reparos ao longo do ano
 Uma boa notícia para o início do ano letivo no Distrito Federal: ao longo de 2012, 38 escolas da rede pública serão totalmente reformadas. O Governo do Distrito Federal (GDF) vai investir R$ 105 milhões do Orçamento de 2012 em medidas diversas, que incluem tanto a ampliação e troca da parte hidráulica e elétrica de várias unidades como a reconstrução total dos 38 estabelecimentos de ensino.
“A Educação é uma das prioridades do nosso governo. Teremos neste ano 25% mais recursos para a área do que em 2011, o que significa que poderemos investir muito mais”, destaca o governador Agnelo Queiroz.
Serão reconstruídas unidades no Gama, Sobradinho, Taguatinga, Paranoá, Cruzeiro, Plano Piloto, Samambaia, Ceilândia, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo, Santa Maria e Recanto das Emas (veja lista abaixo). Outros 265 colégios receberão melhorias em suas instalações, como pintura, iluminação e troca de portões.
Diagnóstico – Para chegar ao número de 38 escolas a serem reconstruídas, os servidores da Secretaria de Educação do DF se reuniram, ao longo de 2011, com os coordenadores das regionais de ensino para fazer uma espécie de diagnóstico das condições físicas do sistema educacional.  A partir de então foram determinadas as unidades prioritárias, como o Centro Educacional 1 do Cruzeiro, que há mais de 10 anos não recebe investimentos na sua estrutura. As obras nesta escola já começaram.
“A importância de se reformar, ampliar e reconstruir uma escola passa pela consciência de que uma estrutura bem cuidada é um convite aos estudos. Não basta oferecer um bom quadro de pessoal. A parte física também é um compromisso com a qualidade do ensino”, reforça o subsecretário de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação Educacional da Secretaria de Educação, Francisco José da Silva.
O subsecretário lembra que as reformas das 38 escolas e as melhorias nas outras 265 serão feitas ao longo de 2012. Para as obras de manutenção serão investidos R$ 2 milhões, valor desvinculado da Lei Orçamentária Anual (LOA) – serão recursos próprios da Secretaria de Educação para o setor. Atualmente, existem 649 escolas no Distrito Federal. A Rede Pública de Ensino do DF tem aproximadamente 500 mil alunos, 29 mil professores e 15 mil funcionários.
“Além da reforma nas escolas, o orçamento para este ano prevê verba para instituir o ensino integral e ampliar as ações para melhorar a qualidade da merenda escolar, que vai usar produtos da agricultura familiar”, enumera. “Será um ano de muitos avanços”, aposta o governador.
Confirmação de matrículas – O período de confirmação de matrículas na rede pública de ensino do Distrito Federal já começou e vai até o dia 13 de janeiro. Pais e responsáveis devem comparecer à escola onde solicitaram a matrícula do estudante, com toda a documentação exigida. Caso contrário, o estudante perderá a vaga automaticamente. O ano letivo começa em 8 de fevereiro.
Confira a lista das 38 escolas que passarão por total reestruturação em 2012:
- GAMA
Centro de Ensino Médio 1, Escola Classe 22 e Centro de Ensino Fundamental Casa Grande;
- SOBRADINHO
Centro de Ensino Fundamental 7 e Escola Classe Brochado da Rocha;
- TAGUATINGA
Escola Classe 19 e Centro Interescolar de Línguas (CIL);
- PARANOÁ
Escola Classe Lamarão e Centro de Ensino Especial;
- PLANO PILOTO/CRUZEIRO
Centro de Ensino Médio Setor Oeste, Centro Integrado de Ensino Especial 2 de Brasília, Centro de Ensino Fundamental CASEB, Centro de Estudos Supletivos Asa Sul (Cesas), Escola Classe 5 do Cruzeiro, e Centro Educacional 1 do Cruzeiro;
- PLANALTINA
Centro Educacional Infantil Mestre D´Armas, Escola Classe 5, Escola Classe Recanto do Sossego e Jardim de Infância Vivência, Escola Classe Rajadinha e Centro Educacional 3;
- SAMAMBAIA
Escola Classe 108, Escola Classe 121, Centro de Ensino Fundamental 427, Centro de Ensino Especial 1, Centro de Ensino Infantil QN 210, Escola Classe 410 e Centro de Ensino Fundamental Myriam Ervilha;
- CEILÂNDIA
Escola Classe 57 (QNP 14), Centro de Ensino Fundamental 17, Escola Classe 8, Centro de Ensino Médio 10, Escola Classe 22 e Centro Educacional 7;
- NÚCLEO BANDEIRANTE / RIACHO FUNDO
Jardim de Infância QN 7 (Riacho Fundo) e Escola Classe Riacho Fundo 1 (Granja Modelo);
- SANTA MARIA
Escola Classe 203 (Jardim de Infância);
- RECANTO DAS EMAS
Escola Classe 401.


-- 
Mais detalhes

Nenhum comentário:

Postar um comentário