DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Polícia prende 21 pessoas por invadir área pública em São Sebastião


Agentes da 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião) prenderam 21 pessoas acusadas de invadir uma área pública ao lado do Centro Olímpico de São Sebastião nesta quarta-feira (18/1). O Delegado-Chefe da 30ª DP, Flamarion Vidal, informou que uma viatura não caracterizada estava investigando o local e flagrou aproximadamente 40 pessoas demarcando o terreno com barbantes.

Quando questionados sobre o preço do lote, as pessoas responderam que "ainda não estavam vendendo, apenas invadindo". Logo depois, a equipe voltou ao local identificada para realizar as prisões. Algumas pessoas saíram correndo, mas 15 homens e seis mulheres foram presos.

Segundo o delegado, os detidos revelaram que o ato faz parte de um plano para criar invasões em apenas três dias. No primeiro dia, os lotes seriam demarcados com barbantes. No dia seguinte aconteceria a limpeza e transporte do material para o terreno. Na terceira etapa, as pessoas passariam a residir no local. Flamarion informou que o motivo da quadrilha agir tão rapidamente é que depois do local virar residência, só é possível retirar as pessoas com ordem judicial.

O Delegado afirmou que a polícia está tentando identificar os chefes da quadrilha, já que os detidos são usados apenas para as ações iniciais. Eles receberiam uma cota do valor da venda dos lotes. Quatro pontos de interesse das quadrilhas já foram identificados, segundo Flamarion.

Os presos serão indiciados pelo Artigo 50 da Lei Lehmann (Lei 6766/79), que constitui crime contra a Administração Pública. Foi estipulada uma fiança de R$ 500 para cada um. Se condenados, eles podem pegar entre um e quatro anos de prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário