DAQUI, o Jornal do Distrito Federal

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Violentada pelo pai, menina vira mãe aos 12 anos no DF, diz polícia


Um homem de 34 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (30), na área rural de Ceilândia, suspeito de abusar sexualmente e engravidar a própria filha, de 12 anos.

De acordo com informações da delegada Valéria Martirena, chefe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), ele praticava o crime há cerca de três anos.
Delegada da DPCA apresenta suspeito que violentar a própria filha (Foto: Káthia Mello/G1)Delegada da DPCA apresenta suspeito de violentar a própria filha (Foto: Káthia Mello/G1)
Valéria afirmou que a menina disse, em depoimento, que foi abusada três vezes pelo pai e uma pelo tio, que também mora na chácara. O suspeito negou as acusações.
A garota engravidou em março e, segundo a polícia, a dona da chácara desconfiou de um possível abuso e denunciou o caso para o Conselho Tutelar em Ceilândia. Com o nascimento da criança em dezembro, a polícia pediu um exame de DNA e confirmou que o pai da garota de 12 anos também é pai da recém-nascida. 
A polícia informou que o pai veio com a garota do Piauí há três anos. De acordo com a delegada, a mãe maltratava a criança e por isso ela teria negado o abuso em depoimentos anteriores, pois teria receio de ter que voltar a morar com a mãe.
Ainda de acordo com a chefe da DPCA, um tio teria sido o primeiro a abusar da menina, quando ela tinha 10 anos. O pai casou novamente e tem uma outra filha, de oito anos. Ela será ouvida para saber se  também foi vítima de abuso.
O homem está detido e vai responder por estupro de vulnerável, com pena que varia entre oito e 15 anos de reclusão.O bebê de um mês vai ficar aos cuidados de um parente da dona da chácara. A menina está aos cuidados do Conselho Tutelar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário